Bota Walker Articulada Protect ROM

002G9300115

112,26 €
s/ iva

Bota fixa e com controle da amplitude do movimento protect.Walker boot.

- Disponível em 4 tamanhos.
- Sistema de velcro.
- Altura standard ou curta.

protect.Walker boot é uma bota de apoio para imobilização numa posição especificada. O produto é exclusivamente para ser utilizado para o ajuste ortopédico do pé e apenas em pele intacta.

Características do produto:
- Disponível em 4 tamanhos, circunferencia ajustável.
- Os sistemas de velcro facilitam a inspeção das feridas e a higiene pessoal.
- A bota fixa tem a opção de altura normal ou curta.

Utilização prevista:
- A sola convexa proporciona uma marcha natural.

Indicações:
- Lesões ou cirurgia do pé ou dos dedos.
- Entorse de tornozelo grau I - III.
- Fraturas estáveis ou cirurgicamente estabilizadas do pé ou do tornozelo.

Definição de objectivos:
- Abrir todas as tiras e remover o forro interior de dentro da bota walker.
- Abrir todos os velcros do forro interior. Solicitar ao utente que coloque o pé e a perna dentro do forro interior.
- Fechar os velcros e verificar se o forro fica justo à perna do paciente.
- Confirmar que os plásticos cobrem totalmente a tira de velcro nas laterais internas das talas. Solicitar ao utente que coloque o pé dentro da bota walker entre as duas barras de estabilização. O pé deve ser posicionado de forma que ambas as talas fiquem centradas nas laterais da perna.
- As talas também podem ser corrigidas para um ajuste ideal e para garantir o alinhamento lateral na perna. Podem ser colocadas, movidas ou removidas as almofadas de conforto nas laterais internas das talas (na zona do tornozelo), para melhor ajuste medio-lateral.
- Depois de se certificar de que as talas estão corretamente ajustadas e alinhadas (linha central nas laterais da perna), é possível remover os plásticos das talas. O forro interno mantém-se no sítio devido à tira de velcro situada no lado interno das talas de estabilização.


- Fechar as tiras que prendem o pé do utente no forro interno. Estas devem ficar firmemente colocadas, mas também podem ser ajustadas individualmente abrindo e fechando o velcro.
- Qualquer material excedente pode ser retirado.


- Fechar as tiras que prendem a perna entre as talas. Começar com a tira mais proxima do tornozelo. As tres tiras devem ficar bem ajustadas.
- Pedir ao utente para caminhar um pouco com a ortotese colocada para verificar se a mesma ficou bem aplicada.

Retirar a bota:
- Caso o utente tenha permissão para retirar a bota durante a recuperação, ou em caso de check-up, devem ser abertas as tiras e o velcro que fecha o forro interior de forma a que o utente consiga retirar o pé mantendo a bota intacta. Isso permite-lhe rapidamente voltar a calçar a bota com o alinhamento adequado.

Composição do material:
- Poliéster, Nylon, Espuma de poliuretano, Fibra de vidro, Poliamida, Alumínio.

Cores
Tamanhos
  • Quantidade

    Entrega de 2 a 3 dias
     

    Pagamentos 100% Seguros

     

    Qualidade garantida

     

    Devoluções fáceis

    Bota fixa e com controle da amplitude do movimento protect.Walker boot.

    - Disponível em 4 tamanhos.
    - Sistema de velcro.
    - Altura standard ou curta.

    protect.Walker boot é uma bota de apoio para imobilização numa posição especificada. O produto é exclusivamente para ser utilizado para o ajuste ortopédico do pé e apenas em pele intacta.

    Características do produto:
    - Disponível em 4 tamanhos, circunferencia ajustável.
    - Os sistemas de velcro facilitam a inspeção das feridas e a higiene pessoal.
    - A bota fixa tem a opção de altura normal ou curta.

    Utilização prevista:
    - A sola convexa proporciona uma marcha natural.

    Indicações:
    - Lesões ou cirurgia do pé ou dos dedos.
    - Entorse de tornozelo grau I - III.
    - Fraturas estáveis ou cirurgicamente estabilizadas do pé ou do tornozelo.

    Definição de objectivos:
    - Abrir todas as tiras e remover o forro interior de dentro da bota walker.
    - Abrir todos os velcros do forro interior. Solicitar ao utente que coloque o pé e a perna dentro do forro interior.
    - Fechar os velcros e verificar se o forro fica justo à perna do paciente.
    - Confirmar que os plásticos cobrem totalmente a tira de velcro nas laterais internas das talas. Solicitar ao utente que coloque o pé dentro da bota walker entre as duas barras de estabilização. O pé deve ser posicionado de forma que ambas as talas fiquem centradas nas laterais da perna.
    - As talas também podem ser corrigidas para um ajuste ideal e para garantir o alinhamento lateral na perna. Podem ser colocadas, movidas ou removidas as almofadas de conforto nas laterais internas das talas (na zona do tornozelo), para melhor ajuste medio-lateral.
    - Depois de se certificar de que as talas estão corretamente ajustadas e alinhadas (linha central nas laterais da perna), é possível remover os plásticos das talas. O forro interno mantém-se no sítio devido à tira de velcro situada no lado interno das talas de estabilização.


    - Fechar as tiras que prendem o pé do utente no forro interno. Estas devem ficar firmemente colocadas, mas também podem ser ajustadas individualmente abrindo e fechando o velcro.
    - Qualquer material excedente pode ser retirado.


    - Fechar as tiras que prendem a perna entre as talas. Começar com a tira mais proxima do tornozelo. As tres tiras devem ficar bem ajustadas.
    - Pedir ao utente para caminhar um pouco com a ortotese colocada para verificar se a mesma ficou bem aplicada.

    Retirar a bota:
    - Caso o utente tenha permissão para retirar a bota durante a recuperação, ou em caso de check-up, devem ser abertas as tiras e o velcro que fecha o forro interior de forma a que o utente consiga retirar o pé mantendo a bota intacta. Isso permite-lhe rapidamente voltar a calçar a bota com o alinhamento adequado.

    Composição do material:
    - Poliéster, Nylon, Espuma de poliuretano, Fibra de vidro, Poliamida, Alumínio.

    close Carrinho Compras
    close Carrinho Compras

    Criar conta

    Já tem conta?
    Entrar Ou Recuperar Password